Crítica O Estranho Que Nós Amamos

Um filme sobre repressão feminina. Esta á premissa básica de “O Estranho que nós amamos”, de Sofia Copolla. Baseado no romance homônimo de Thomas P. Cullinan, lançado em 1966, a obra também ganha filme, no Continue lendo…