Crítica | O  Menino do Pijama Listrado

Filme reflete intolerância com crianças

  Esta crítica não possui spoilers

Nota do Universocult: 8.5/10

Filme retrata Segunda Guerra Mundial sob a perspectiva de duas crianças, Bruno (Asa Buttrefield) e Schmuel (Jack Scanlon) que busca evidenciar questões humanas e existenciais. A direção de Herman no longa tem um início em uma Alemanha bucólica, recém saída da primeira guerra.

Em clima de tensão os alemães se armam até o limite iniciando a caçada aos judeus. Nesse contexto a família de Bruno, a mãe Elsa (Vera Farmiga), e a irmã mais velha Grettel (Amber Beattie) terão que se mudar para uma casa no interior junto com o pai, o comandante Ralf (David Thewlis). 

Filme reflete intolerância com crianças

Sutileza na narrativa, e início bucólico, prepara o telespectador para um drama comovente.

A mudança da cidade para o interior, já introduz Bruno e sua família a uma realidade sombria. Confundindo o campo de concentração próximo da nova casa com uma fazenda,  Bruno fica interessado no lugar. O desejo de querer brincar com as crianças de lá um dia o leva  a conhecer Schmuel, um garoto Judeu.

E é nesse encontro que o choque de realidades entre um garoto alemão  e o judeu se cruzam. Diversas cenas são usadas para explicitar a forma que o protagonista mesmo que uma criança, consegue enxergar os problemas da intolerância á sua volta.

Filme reflete intolerância com crianças

Grettel simboliza a iniciação e assimilação ao mundo fanático do nazismo na infância.

Elsa, a mãe, que é magistralmente interpretada por Vera Farmiga, aos poucos nota a cruel realidade da casa, e não consegue mais viver ali. A relação de Bruno e Schmuel se torna uma relação de cumplicidade.  Mesmo fazendo apelo emocional  em uma temática tão crua, o filme consegue atrair sensações e percepções mais profundas do que foi aquela época.

A fotografia de Benoît Delhomme ( Os Infratores 2012,  ganhador do AACTA Awards prêmio de melhor fotografia. A Teoria de Tudo 2015) aliada a trilha sonora minimalista  nos dá um vislumbre cuidadoso da época. O figurino não peca enfatizando o constaste da vida social alemã burguesa com a situação vivida por judeus em campos de concentração.

Apesar de apelar para um tema intenso como a guerra, o longa de Herman optou por evitar cenas explicitas de violência e trouxe um enfoque mais dramático as cenas. Com sutileza e maestria na direção com certeza O Menino do Pijama Listrado merece ser visto e revisto com carinho.


Ficha Técnica

Título Original:

Origem: EUA, UNK, Irlanda do Norte

Ano de Lançamento: 26 de Setembro, 2008

Gênero: Drama, Guerra, História

Duração: 94 Minutos

Direção: Mark Herman

Roteiro: John Boyne, Mark Herman


    Trailer

  • Universocult

    Obrigado por visitar, volte sempre!

  • Vanderlei Silva

    Um filme para repensar a Segunda Guerra mundial e suas consequências para o mundo contemporâneo.