Cinediário #2: A vingança de Alexandra, um filme sobre uma mulher em revolta

Este post faz parte de um guia para filmes Cult (sem spoilers), chamado “Cinediário” do qual indico filmes que encontro por aí. Se você se interessar, clique aqui para acessar o diário anterior.

Quando um projeto de uma mulher pode trazer grandes questionamentos, em “A Vingança de Alexandra” (2003) de Rolf de Heer

Alexandra

Sinopse: Em uma tarde comum, um pai de família acende um cigarro e sua filha pede para ele apagá-lo. Ele apaga. Ele parece ser um bom pai, suas filhas parecem felizes, sua esposa está preparando uma festa de aniversário surpresa para ele.No entanto, quando ele chega em casa, depois do trabalho, a casa está vazia. Por quê?

Comentários: O premiado filme australiano “Alexandra Project (2003)”, foi uma grata surpresa entre os meus achados cult. Um trabalho forte e com abordagem extremamente dramática, esta obra promete trazer profundos questionamentos sobre o casamento. Não conheço muitos filmes do país e resolvi dar uma chance para expandir minha experiência cinematográfica mundial.

Alexandra

Ganhador do Festival Internacional de Montreal por melhor filme da Oceania e ganhador por melhor atriz (Helen Buday) da Semana Internacional de Filmes de Valladolid (Espanha), este longa sensacional tem como diretor Rolf de Heer. O filme conta a história do casal Alexandra (Helen Buday) e Steve (Gary Sweet), que vivem uma vida cotidiana “normal” e aparentemente equilibrada. No inicio somos apresentados a vida do casal, seus desafios, problemas e aos poucos, lacunas vãos surgindo… Alexandra é uma mulher calada e obediente, dedicada a cuidar de seus dois filhos e ao marido. Mas tudo começa a ruir quando o dia do aniversário de Steve é comemorado pela esposa com um vídeo surpresa. A partir daí, Alexandra traz para si o foco temático de toda a trama. Um filme sobre o papel da mulher na relação monogâmica, sobre o papel do corpo feminino, dentre muitas outras questões ligadas ao sexo.

Alexandra

Se você gosta de um suspense, este filme poderá te agradar. Tanto pelo tema, tanto pela direção e edição que intensifica ainda mais o drama vivido pelos personagens no filme. Heer tem em seu currículo 42 trabalhos até agora, dentre eles, curtas, documentários e trabalhos para a TV. “Alexandra Project”, foi para mim um filme verossímil do começo ao fim. O que mais me impressionou foi a performance de Helen Buday, que conseguiu manter o drama todo do filme apenas com sua personagem! Com uma trama simples e sem medo nenhum de mostrar a que veio, este longa promete impactar e trazer importantes reflexões acerca do matrimônio.

Referência da Sinopse:

https://filmow.com/a-vinganca-de-alexandra-t27560/

Autor

Tulio Cross
Tulio Cross

Formando em Museologia na UFMG. Se interessa pelas relações dos museus e cineclubes como espaços emblemáticos e patrimoniais. Ama filmes clássicos, jogos e música. Atualmente flerta com a Filosofia.